[RESENHA] Em busca de abrigo

Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Ano: 2017
Classificação: 5/5
Primeiro romance escrito por Jojo Moyes conta a história de três gerações de mulheres que precisam encarar as verdades do amor e as responsabilidades que existem em toda família.

Afastada da mãe desde a juventude, quando fugiu de sua pequena cidade rural na Irlanda, Kate jurou que seria uma mãe presente. Mas a vida é um ciclo que se repete, e Kate agora precisa encarar o abismo que surgiu entre ela e a filha, Sabine.

Prestes a viajar para encontrar a avó que nunca conheceu, Sabine não está nada animada. Mas a natureza impetuosa e inquisitiva da jovem forçará a avó a encarar seus segredos há muito enterrados e a fará perceber que talvez tenha chegado a hora de finalmente curar as feridas do passado.

Em seu primeiro romance, Jojo já exibia seu talento para contar histórias emocionantes e narrar a vida em família, seus segredos, traições e dores do passado, mas também a redescoberta do amor. Em busca de abrigo é uma trama cheia de surpresas, assim como a vida real.


Bom dia Divagadores, como vocês estão? Depois de muito tempo aqui estou eu novamente para trazer mais uma resenha e como ando sendo a louca completamente apaixonada pela Jojo vim falar do primeiro livro da autora que foi recentemente relançado pela nossa parceira, a Editora Intrínseca. E bem... Devo começar dizendo que amei o livro? Não, mas comecei, então vamos logo pra resenha antes que é o que importa.

Tudo bem, eu amei o livro, mas vou assumir aqui que o começo para mim foi um tanto quanto maçante. A história que conta os problemas de relacionamento entre Joy (vó), Katie (filha) e Sabine (neta) não marcam o melhor tipo de início dos livros da Jojo, mas com o passar do tempo a história que mistura fatos do passado e presente contados pelos pontos de vista das três personagens vai se costurando e ficando cada vez mais interessante, com aquele jeitinho que faz a gente acabar caindo de cabeça no livro e esquecendo tudo o que esta ao  nosso redor. 


Uma coisa que gostei na ideia da Jojo narrar o livro pelo  ponto de vista de cada uma das personagens é que eles mostram que a visão que uma tem da outra é completamente diferente do que elas realmente são, sem contar que ela também deixa bem claro que esta reunindo três gerações com personalidade forte, no entanto completamente distintas entre si.

Claro que seguindo um estilo típico da autora a trama não se prende apenas as três protagonistas, com o decorrer da trama personagens secundários vão demonstrando a sua importância e ajudando com que a história se encaixe cada vez mais em si.


Através desta trama que retrata a grande dificuldade que as vezes temos de conviver em família Jojo facilmente consegue nos fazer enxergar a realidade e refletir sobre o que estamos fazendo com as pessoas ao nosso redor e fazendo com que tomemos a relação entre estas três como exemplo para analisarmos o que rumo estamos dando a nossa vida, principalmente no que se trata na relação com as pessoas ao nosso redor. Para quem tiver vontade de se atentar a algo além do enredo o livro traz uma grande lição de vida que pode ser muito bem aproveitada no dia-a-dia.

Vou ficando por aqui Divagadores, beijos e até a próxima.


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário ♥

Postar um comentário