[ RESENHA ] Feitiço

Autor: Sarah Pinborough
Editora: Única
Páginas: 223
Ano: 2013
Classificação: 5/5
Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece. Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado. Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real. Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades.

Feitiço é o segundo volume da trilogia iniciada com Veneno, um best-seller inglês clássico e moderno ao mesmo tempo em que recria as personagens mais famosas dos irmãos Grimm com personalidade forte, uma queda por aventuras e, eventualmente, uma sina por encrencas. Princesas, rainhas, reis, caçadores e criaturas da floresta: não acredite na inocência de nenhum deles!

ATENÇÃO: Se você ainda não leu Veneno, o primeiro livro desta saga fique atento, esta resenha poderá conter algum spoiler.

Boa noite Divagadores... Eu juro pra vocês que eu vou fazer o máximo de esforço para não soltar nenhum tipo de spoiler do  livro anterior, mas quando a história dos livros são ligadas eu realmente acho um pouco complicado não entrar em um assunto ou outro, então prefiro logo deixar o aviso para prevenir. Se você não leu a resenha anterior e quer dar uma conferidinha no que eu disse é só clicar aqui. Confesso que eu li esse livro já tem umas semanas, mas como eu estava em uma correria louca por aqui, novidade, só agora sentei pra escrever essa resenha. Sem mais delongas, vamos ao que interessa. 

Vou começar dizendo que no final de Veneno a gente pode encontrar o primeiro capítulo deste livro, mas eu sinceramente não quis ler, preferi deixar pra quando eu começasse a ler o  livro de fato. Eu não li um livro depois do outro, mas me mantive firme e forte, segurando a curiosidade e imaginando milhares de maneiras de como a história da Cinderela seria ligada a do livro anterior. Tenho que dizer que o modo como as duas histórias foram entrelaçadas entre si foi simplesmente perfeita, não tinha como ficar melhor a autora teve um cuidado simplesmente maravilhoso ao escrever estes livros.


Mais uma vez essa coisa de princesa linda e ingênua foi deixada de lado, aqui nos deparamos com uma versão de Cinderela onde cheia de inveja e egocêntrica ao ponto de pouco se importar com o que poderia acontecer com sua família e com a felicidade dos outros ao seu redor caso ela se casasse com o príncipe. Por falar em príncipe, sabe o príncipe da Branca de Neve? Pois é, neste livro estamos falando exatamente do mesmo príncipe, que não passa de um rapaz mimado e extremamente fútil. 

Seguindo um pouco a mesma linha da trama anterior, a história de Cinderela é costurada a de outros personagens de contos de fada, como Hobin Hood e João e Maria, sem contar que personagens da trama anterior como Lilith, Branca de Neve e o caçador tem sua presença garantida na continuação da saga, coisa que convenhamos que deixa o final dessa trama um tanto quanto surpreendente.


Quanto a fada madrinha? Bem, não poderia haver uma história da Cinderela sem a fada madrinha, não é mesmo? Claro que a fada madrinha também estava lá, mas não com aquela boa e doce velhinha que a gente conhece. Boa ela pode até ser, mas não era velhinha e não estava ali para ajudar Cinderela de graça, tanto que coloca uma condição para ajudar a moça a conseguir o que queria.

Agora uma coisa que eu tenho que ficar me segurando para não fazer é não contar o final. Sério pessoal, o final é tão bom e surpreendente que da vontade de sair falando para meio mundo sobre ele, mas vou ficar aqui fazendo um belo esforço pra não sair dando com a língua nos dentes... Enfim, vamos ficando por aqui antes que eu perca o controle.


Beijinhos e até a próxima.


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário ♥

Postar um comentário